Header Ads

Giro de Notícias

Rodovias federais da PB registram 20 mortes por atropelamento em 2019

Atropelamentos
(Foto: Reprodução/Google Street View)
Este ano, segundo a Polícia Rodoviária Federal (PRF), foram registrados 63 acidentes do tipo atropelamento de pedestre nas rodovias federais que cortam a Paraíba. O número é 21,25% menor do que o registrado no mesmo período do ano anterior, quando ocorreram 80 atropelamentos. Entretanto, apesar da redução, o número de mortes envolvendo esse tipo de acidente aumentou. Em 2018 foram notificados 19 óbitos e, neste ano, o número de pedestres que perderam a vida já chega a 20.
Em 2019 já foram registrados um total 1.133 acidentes, com 982 pessoas feridas e 95 mortes. O número de vítimas fatais ocasionadas em acidentes do tipo atropelamento de pedestre representam 21% das mortes neste ano em acidentes de trânsito nas rodovias federais da Paraíba.
Na Semana Nacional de Trânsito, a PRF alerta sobre a gravidade dos acidentes envolvendo atropelamento. “Os pedestres são os personagens mais frágeis e vulneráveis no trânsito. Por isso, é fundamental que eles adotem posturas para evitar acidentes graves, como por exemplo utilizar as passarelas de pedestres. Muitos atropelamentos poderiam ser evitados se as passarelas fossem utilizadas para realizar a travessia segura da via. Infelizmente muitos pedestres são atropelados próximos às passarelas”, diz a PRF em comunicado encaminhado à imprensa.
De acordo com a PRF, para se evitar atropelamentos de pedestres é fundamental que o motorista dirija sempre com muita atenção, com os faróis acessos, para ser visto com mais facilidade pelo pedestre, respeitando os limites de velocidade e nunca utilizando o acostamento para trafegar ou ultrapassar. Em caso de atropelamento, é fundamental que o condutor preste socorro à vítima. Omissão de socorro é crime.
O pedestre deve sempre utilizar a passarela ou faixa de pedestre. Em locais em que não há esses meios para a travessia segura é fundamental que ele atravesse apenas quando tiver certeza de que não existe risco. No trânsito, todos são responsáveis pela preservação da vida.

Semana Nacional de Trânsito

Entre os dias 18 e 25 de setembro os órgãos de fiscalização de trânsito e demais entidades públicas e setores da sociedade civil desenvolvem ações em todo país para conscientizar sobre os riscos e gravidade  dos acidentes de trânsito. Este ano, o tema é “No trânsito, o sentido é a vida”. A PRF está realizando diversas ações educativas em todo estado para conscientizar a sociedade sobre o tema.
Fonte: Portal Correio

Nenhum comentário