Header Ads

Giro de Notícias

Radialista é levado à PF; defesa explica motivo

O radialista Fabiano Gomes foi preso peventivamente na manhã desta quarta-feira, em João Pessoa. De acordo com a defesa, o comunicador foi conduzido à sede da Polícia Federal para prestar esclarecimentos sobre descumprimento de uma medida cautelar fixada no bojo da operação ‘Xeque-Mate’.
“Uma das medidas cautelares determina que Fabiano compareça, uma vez por mês, para assinar documentos na Justiça. Neste mês de agosto, por conta de dias de atraso no comparecimento, a Justiça compreendeu o ato como desobediência”, explicou o advogado Rembrandt Asfora.
O advogado reforçou que em nenhum momento Fabiano Gomes se esquivou, por descaso, como fundamentado na decisão judicial, de cumprir as medidas cautelares a ele aplicadas. Conforme a defesa, o comunicador se apresentou espontaneamente ao Ministério Público para prestar suas declarações no início da operação. “Tornando-se oportuno destacar que ele vem as cumprido rigorosamente,” assegurou o advogado.
A defesa sustentou ainda que, desde o princípio da operação, Fabiano Gomes tem colaborado espontaneamente com depoimento e informações.
MaisPB

Nenhum comentário