Header Ads

Giro de Notícias

Samu registra 20 mil atendimentos no primeiro semestre na Capital

Nos primeiros seis meses de 2018, cerca de 20% das ocorrências abertas pelo Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) foram referentes a acidentes de trânsito. No primeiro semestre de 2018 foram registradas 19.526 ocorrências, das quais mais de quatro mil delas foram referentes aos problemas de trânsito. As ocorrências são registradas entre traumas, nas quais se incluem os acidentes de trânsito, e casos clínicos, cujas ocorrências são lideradas por problemas neurológicos.
Os casos considerados clínicos foram os responsáveis pela maioria das ocorrências abertas: 9.043 casos. Desses atendimentos, as causas neurológicas representam 11,1% das ocorrências com 2.172 casos. Ainda estão entre as principais causas de ocorrências os problemas cardiológicos (1.517), mal estar (1.052) e complicações respiratórias (931). Nos casos considerados como traumas a ordem de ocorrência é com acidentes de trânsito (4.020) e quedas (1.745).
Para a coordenadora do Samu, Erika Rivenna, a qualificação no atendimento à população tem possibilitado diminuir o número de ocorrências abertas. “Quando alguém liga para o 192, é feita a classificação de risco pelo médico, que avalia a necessidade do envio de motolância, com técnico de enfermagem, de Unidade de Saúde Básica (USB), com enfermeiro e condutor socorrista, ou de Unidade de Saúde Avançada (USA), com médico, enfermeiro e condutor”, disse.
MaisPB

Nenhum comentário