Header Ads

Giro de Notícias

Operação acha produtos vencidos sendo vendidos no aeroporto de JP


Fiscalização feita pela Autarquia de Proteção e Defesa do consumidor do Estado da Paraíba (Procon-PB)  no aeroporto de João Pessoa, nessa sexta-feira (27), encontrou uma série de irregularidades em lojas do local, a exemplo da comercialização de produtos vencidos.

A ação faz parte da segunda edição da força tarefa e blitz nacional no aeroporto, com o objetivo de coibir irregularidades na cobrança de taxas de bagagens provenientes da aplicação das regras da resolução 400 da Agência Nacional de Aviação Civil (Anac) e demais práticas vedadas pelo Código de Proteção e Defesa do Consumidor.

A superintendente do Procon-PB, Késsia Liliana, explicou que a maioria das lojas foi notificada por ausência de precificação, principalmente nas vitrines, com produtos e datas de validade vencidas e as notas fiscais sem o telefone do Procon-PB. As empresas foram notificadas e autuadas e têm até 10 dias para que as inadequações sejam corrigidas e apresentarem suas defesas.

 “São irregularidades graves, a exemplo de uma lanchonete que estava com refrigerantes vencidos expostos à venda para os consumidores. Essa foi autuada e os produtos recolhidos de imediato. Já as quatro companhias aéreas foram autuadas por estarem cobrando pagamento da parcela mínima no cartão de crédito”, explicou a superintendente.

 Participaram da ação o Procon-PB, o Procon de Bayeux Corpo de Bombeiros, Inmetro, Vigilância Sanitária, MP-Procon, Ordem dos Advogados do Brasil – Secção Paraíba(OAB-PB) e Comissão Estadual de Defesa do Consumidor da Seccional Paraíba.

MaisPB

Nenhum comentário